Home Mercado Garrafas de PET 25% mais leves conquistam clientes

Garrafas de PET 25% mais leves conquistam clientes

6 Minutos
0
0
150

Garrafas de PET 25% mais leves conquistam clientes

Quando o assunto √© redu√ß√£o de peso das embalagens, o PET merece men√ß√£o especial. √Č apontada por especialistas como a resina que apresentou melhores resultados nesse quesito nos √ļltimos tempos. ‚ÄúAcredito que o peso das embalagens foi reduzido de 20% a 25% nos √ļltimos sete anos‚ÄĚ, avalia Dinis Mota, diretor geral da Plastipak, empresa h√° 50 anos no mercado, com mais de 40 f√°bricas distribu√≠das pelos quatro continentes, capaz de produzir 45 bilh√Ķes de embalagens por ano. No Brasil, a empresa conta com tr√™s f√°bricas que somadas t√™m capacidade para 3,5 bilh√Ķes de unidades por ano. No mercado nacional, atende 137 ind√ļstrias e 225 marcas, produzindo pr√©-formas e sopro de PET em pe√ßas com volumes de 50 ml a 20 litros.

De acordo com Mota, um dos mercados em que a redu√ß√£o de peso alcan√ßou maior sucesso √© o de √°gua mineral. Em outras categorias de produtos, por conta da exig√™ncia presente nas aplica√ß√Ķes, existem fatores limitantes. Cada caso √© um caso. No caso das bebidas carbonatadas, por exemplo, √© preciso resist√™ncia mec√Ęnica por conta da press√£o com a qual o l√≠quido √© mantido. No caso de bebidas l√°cteas, √© necess√°ria barreira de luz. E assim por diante.

A busca pela redu√ß√£o de peso √© preocupa√ß√£o de todos os clientes. O tamanho dessa preocupa√ß√£o, no entanto, varia caso a caso. No caso da √°gua, por exemplo, grandes empresas, como Nestl√© e Coca-Cola, s√£o menos radicais, procuram manter embalagens mais resistentes nas g√īndolas como forma de agregar valor ao produto. As pequenas empresas mant√™m o pre√ßo mais competitivo de seus produtos como arma para conquistar mercado. Por isso, elas adotam solu√ß√Ķes um pouco mais radicais.

Qualquer que seja a preocupação do cliente, a Plastipak procura colaborar para se obter a solução mais próxima do ideal. Ela conta no Brasil com um dos seis centros mundiais de desenvolvimento e inovação mantidas mundo afora. Tal colaboração pode se dar por meio de parceria, seja a partir do desenvolvimento total ou do aperfeiçoamento de uma ideia do cliente, ou de maneira ativa, quando um projeto é desenvolvido internamente e apresentado a potenciais clientes.

Leite ‚Äď Entre as centenas de itens que produz no Brasil, a Plastipak acaba de anunciar uma novidade. Trata-se da primeira embalagem do pa√≠s feita de PET com capacidade de 1,5 litro para leite, desenvolvida para a empresa de latic√≠nios Jussara. Esse cliente √© o pioneiro e por enquanto √ļnico da empresa nesse segmento. Desde 2015 s√£o fornecidas para a marca garrafas de leite de um litro.

Outro aspecto inédito no Brasil das garrafas para leite da empresa é a tecnologia usada para sua fabricação. A empresa utiliza uma fórmula aditivada de PET que elimina a necessidade do uso de materiais multicamadas para proteger o produto dos raios ultravioleta. Duas outras tecnologias são usadas no Brasil. Uma prevê o uso de matérias primas em duas camadas, sendo a exterior branca e a interior negra. Outra prevê o uso de garrafas monocamadas com a adição de etiquetas tipo manga que protegem a embalagem do gargalo até o pé. Uma quarta opção, ainda inédita no Brasil, prevê o uso de três camadas, uma preta no interior de duas brancas.
Publicado por: Jose Paulo Sant Anna na Revista Pl√°stico Moderno

Carregar mais artigos relacionados
Ler Mais por Plasticonline
Ler Mais em Mercado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

INDAC lança programa para auxiliar transformador no descarte correto de resíduos de acrílico

Para ajudar o transformador no descarte correto de sucata de acr√≠lico, o INDAC ‚Äď Instituto…